28 de nov de 2010

MIGUEL NICOLELIS, O GRANDE CRAQUE DA CIÊNCIA

A revista do respeitado Instituto de Tecnologia de Massachusetts
(MIT, na sigla em inglês) publicou a lista das dez principais pesquisas científicas em andamento, que podem mudar para melhor nosso mundo.
Em primeiro lugar foi citada a invenção de um brasileiro chamado Miguel Nicolelis...

No laboratório de pesquisas de Neurociência, da Universidade da Carolina do Norte (EUA), a macaca Aurora já moveu um braço robótico apenas com a “força do pensamento”.
Ele criou a Neuroprótese, uma interface cérebro-máquina:
espécie de “ligação direta” entre os neurônios e os nervos,
sem precisar passar pela medula.

O trabalho de Nicolelis está sendo considerado um marco na ciência mundial.

ESQUEMA BÁSICO DA PESQUISA DE NICOLELIS
O elemento final de toda a pesquisa é um chip que capta sinais cerebrais e os interpreta
segundo modelos matemáticos criados por uma equipe de pesquisadores, liderada pelo brasileiro Miguel Nicolelis.
Ou seja: a longo prazo, o chip pode ser desenvolvido para uma neuroprótese que possibilite, por exemplo, um tetraplégico, voltar a andar.

O Doutor Miguel Angelo Laporta Nicolelis, nasceu em São paulo, em março de 1961. Filho do juiz Miguel Nicolelis e da escritora Giselda Laporta Nicolelis, ele se formou em medicina na Universidade de São Paulo (USP). Na mesma instituição, cursou o doutorado em Fisiologia Geral.
Foi considerado um dos 20 maiores cientistas do mundo no começo da década passada, segundo a revista "Scientific American”.
A Revista Época o colocou na lista dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009.
Com atuação genial no campo da neurociência, o grande craque brasileiro
foi convidado a vestir a camisa da Universidade de Duke na Carolina do Norte (EUA). Onde obteve todo apoio que costuma faltar para cientistas no Brasil.
Pela atuação como cientista e empreendedor, Nicolelis vem sendo indicado para faturar um sonho de muitos brasileiros: o Prêmio Nobel.

Quando perguntado se tal prêmio não poderia lhe transformar numa espécie de salvador da pátria, ele disse:
“Não entendo essa fixação com o Nobel! Vocês acham que, durante suas pesquisas, o mineiro Alberto Santos Dumont,
estava preocupado em ganhar uma medalhinha dos suecos? ...

...Se eu fizer um paraplégico andar e essa tecnologia se espalhar pelo mundo, possibilitando a milhões de pessoas voltarem a andar, perto disso o que pode significar um prêmio Nobel?”

Outra possibilidade que se abre e já está em pesquisa é descobrir os mecanismos elétricos do cérebro para determinar a saciedade, podendo no futuro contribuir para o controle da obesidade...

...A equipe de Nicolelis também descobriu as bases neurais da instalação do MAL DE PARKINSON, fato inédito na medicina mundial. As pesquisas estão avançadas com camundongos.

A pretensão é articular os principais neurocientistas do mundo para criar projetos de ponta em uma das áreas mais atrasadas do Brasil. “A idéia é que o NatalNeuro seja um centro catalisador e transformador da sociedade”, disse nosso craque. Para isso, está sendo criada uma escola para as crianças da comunidade vizinha – formada por catadores de papelão e lixeiros.
Miguel Nicolelis demonstra simpatia e respeito por Alberto Santos Dumont e costuma citar o Pai da Aviação em suas entrevistas. Quando indagado por que criar uma escola de neurociência no nordeste brasileiro ele respondeu: “É que no Brasil está cheio de Santos Dumont aguardando uma oportunidade para decolar...”.

Mesmo com tanto sucesso adquirido,Nicolelis não esqueceu sua terrinha. NatalNeuro, por exemplo, é um instituto criado em Macaíba, um lugar miserável na periferia de Natal (RN). Nicolelis é fundador, coordenador e grande responsável por atrair a verba para o instituto.

A obra do brasileiro Miguel Nicolelis é realmente impressionante.
Ele tem sido aclamado no meio acadêmico, mas no país do futebol o grande craque da ciência mundial não é muito conhecido...


Texto de Amarildo Fernandes
Fontes Consuntadas: O Globo, fevereiro de 2004 e maio de 201
Revista Superinteressante
Revista Galileu

26 de nov de 2010

CAMPANHA DA MEDULA ÓSSEA - AMEO

FAÇA A SUA PARTE!

ACESSEM O VIDEO DA CAMPANHA NO YOUTUBE
http://www.youtube.com/watch?v=6gQYd0BuCS4

Divulguem...

Dia 27 de novembro DIA "D" SAÚDE
AÇÃO SOLIDÁRIA

Salão Paroquial da Igreja São Judas Tadeu
Rua Vitória Régia 933 Campestre - Santo André

25 de nov de 2010

AOS CUIDADORES

Recebemos da Dra. Clara Nakagawa, psicóloga, Vice Presidente da Associação Brasil Parkinson, a mensagem de uma cuidadora multiplicadora que dá cursos p/cuidadores.
A mensagem faz analogia c/o cuidar.

OLÁ AMIGOS, COMO ESTÃO? ACHEI QUE PODEMOS APLICAR A HISTÓRIA DO MILHO DA PIPOCA A NÓS, CUIDADORES. SOMOS COMO ELE, PRECISAMOS ENFRENTAR ELEVADAS TEMPERATURAS A FIM DE APARARMOS AS ARESTAS OU ESTOURAR A PIPOCA. O FATO DE ACEITARMOS O PAPEL DE CUIDADORES, ACEITARMOS A DOENÇA CUIDANDO COM MUITO AMOR E PACIÊNCIA, TRANSFORMA-NOS, PURIFICA-NOS. UM BEIJO GRANDE NO CORAÇÃO DE TODOS VOCÊS, SEJAM FELIZES!!! Yone


PIPOCAS DA VIDA

"Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho para sempre.
Assim acontece com a gente.
As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo.
Quem não passa pelo fogo, fica do mesmo jeito a vida inteira.
São pessoas de uma mesmice e uma dureza assombrosa.
Só que elas não percebem e acham que seu jeito de ser é o melhor jeito de ser. Mas, de repente, vem o fogo.
O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos: a dor.
Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, o pai, a mãe, perder o emprego ou ficar pobre.
Pode ser fogo de dentro: pânico, medo, ansiedade, depressão ou sofrimento, cujas causas ignoramos.
Há sempre o recurso do remédio: apagar o fogo!
Sem fogo o sofrimento diminui.
Com isso, a possibilidade da grande transformação também.
Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro cada vez mais quente, pensa que sua hora chegou:
vai morrer.
Dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar um destino diferente para si.
Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada para ela.
A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz.
Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo a grande transformação acontece: BUM!
E ela aparece como outra coisa completamente diferente, algo que ela mesma nunca havia sonhado.
Bom, mas ainda temos o piruá, que é o milho de pipoca que se recusa a estourar.
São como aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar.
Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem.
A presunção e o medo são a dura casca do milho que não estoura.
No entanto, o destino delas é triste, já que ficarão duras a vida inteira.
Deus é o fogo que amacia nosso coração, tirando o que nele há de melhor!
Acredite que para extrairmos o melhor de dentro de nós temos que, assim como a pipoca, passar pelas provas de Deus.
Talvez hoje você não entenda o motivo de estar passando por alguma coisa...
Mas tenha certeza que quanto mais quente o fogo, mas rápido a pipoca estoura."

20 de nov de 2010

GAP NITERÒI



Foi uma tarde bem descontraída a nossa reunião na sexta feira, dia 19. A presença do Cordelista João Batista Melo falando sobre cordéis conquistou o grupo. Comparou cordel a "doces caseiros", gostosos, mas tem que saber fazer.

João Batista falou sobre a força de comunicação dos cordéis, sobre a linguagem literária, métrica, rima, poesia, sátira, narrativa. Disse que o cordelista é um artista, um repentista em câmara lenta.

Sua mensagem para o grupo:

SE MR. PARKINSON CHEGAR
O MUNDO NÃO SE ACABOU
ENCARE O MR. DE FRENTE
ENCONTRE UM BOM CUIDADOR
E PASSE A VIVER CONTENTE
SENDO UM FELIZ COMPONENTE
DA OBRA DO CRIADOR

Por telefone, pediu:

Publique em letras garrafais
Vai ser bom demais
Serve para a terceira idade
Para moça e rapaz
Espalhe pelo país
Isso vai me tornar feliz
E ao meu peito refaz.

Isso é só o começo, João Batista vai fazer um cordel sobre Parkinson.

Postado por Monica Souto às 10:29

0 comentários:

12 de nov de 2010

GAP-NITERÓI

Na próxima sexta feira, 19 de novembro, vamos ter a presença do cordelista João Batista Leão de Melo, membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel, na nossa reunião

João Batista nasceu no sertão em Itabaininha, Estado de Sergipe, viveu ali e depois de muitas andanças, fixou residência em Niterói.

Com alma de poeta e muita sensibilidade, escreveu em cordéis, sobre momentos históricos de nosso pais e sobre o nosso cotidiano. Publicou: "Luís de Camões na Terra de Pindorama", "A História de Niterói", "O Principe de Nazaré", "Doação de Órgãos", "Tango: A Alma de um Povo" " A Falta d'água no Mundo" e muitos outros cordéis.

Faz palestras e oficinas em escolas e Universidades sobre Literatura de Cordel. Nos domingos, podemos encontrá-lo no Campo de São Bento.

Sua presença no GRUPO DE APOIO PARKINSON NITERÓI, será muito importante para nós.

Local Caixa Econômica Federal, UNEI, oitavo andar, Av. Amaral Peixoto 335, Centro, Niteroi.
Horário: das 14 até 16 horas.

AMIGOS PARA SEMPRE...


Dança Senior... Dra Clara animou o pessoal...





Monica, Elisia e Regina Regina mostra a programação

Monica e Dra Clara Dalva e Regina


juntas num cafezinho....

queimando os neuronios...

O SONHO CONTINUA NA LEMBRANÇA

Sonhar é o ato de imaginar um fato de possível ocorrência futura e investir com intuito que um dia se torne realidade. O Sonho muitas vezes pode parecer impossível...

Penso que foi assim que Milton sonhou... lutou e venceu!! Ele ja vinha acalentando este sonho há algum tempo!!Tinha em mente um lugar ideal para o Encontro... e procurou pessoas especiais para juntos.. transformarem o sonho.. numa realidade!! O segredo do sucesso ficou por conta dos pequenos detalhes... É simples... basta oferecermos as pessoas aquilo que todos nós queremos: ATENÇÃO CARINHO E REPEITO. Colocar no que fazemos um pouco daquilo que buscamos na vida pessoal pode ser um grande diferencial!!

O grande diferencial ficou por conta...do Milton...Maria Cândida... que acalentaram o sonho... Monica... Messias...pelo carinho...com que trataram o projeto.
Regina...pelo envolvimento... pela doação.
Dra.Clara... pela doçura.

Enfim o grande diferencial.. ficou por conta.. também, de todos os participantes e de toda equipe do CGEA.
Agradeço a oportunidade que tive.. de participar, de rever amigos queridos e conhecer outros...de trocar experiências..de rir muito.. de jogar conversa fora.. E de estar cheia de energia para o dia de amanhã!

Dalva. Campinas




Regina, Cândida, Milton e para todos que acreditaram

O silêncio proporciona condição para boas idéias, bons sonhos, mas é no contato com o outro que as idéias se fortalecem, que os sonhos se realizam.Não foi por acaso que nos encontramos, que abraçamos uma mesma idéia, que durante seis meses partilhamos um objetivo comum, um mesmo sonho que deu certo. Acreditamos nele e agradeço por vocês terem acreditado também. E o mais importante, confiamos uns nos outros. Buscamos juntos a utopia, o lazer, o prazer e encontramos O PARAÍSO na afirmação de muitos que participaram do Encontro em Itaipava. Nessa caminhada selamos amizades. Bons amigos são poucos e escolhidos, quanto mais seletos, mais próximos deles ficamos. Obrigada pela confiança, obrigada por acreditarem em sonhos. Um sonho não termina quando acaba, ele continua na lembrança.

Um abraço saudoso,Monica e Messias

11 de nov de 2010

ACONTECEU EM ITAIPAVA

NOSSOS AMIGOS, RUTH E GAÚCHO, MOTIVADOS COM O
ENCONTRO DE LAZER.


Bom dia Mônica! Estou a sua disposiçao para ajudá-la no que for necessário. Cada dia nos sentimos mais felizes por participar de um grupo tão lindo. Meu tempo começou a sobrar, pois os encontros do Projovem diminuiram. Não paramos de falar no encontro de Itaipava. Um beijo carinhoso Ruth e Gaúcho




Caríssima Dra Clara

Agradeço todas as mensagens que nos tem sido enviadas pela Sra.
São pessoas como a Sra que nos motivam a empreendermos estas atividades em favor do grupo.
Tenha a certeza de que seu exemplo é o que temos tentado seguir.
Agradecemos mais uma vez a sua participação no I Encontro de Lazer.

Saudações
Milton




Em mensagem já postada pela Regina no blog - encontropkdelazer.blogspot.com, Dra. Clara faz um agradecimento a todos integrantes do Encontro de Lazer em Itaipava: ... "pessoalmente tenho um agradecimento especial de ter sido convidada a compor um grupo seleto, que me fez sentir um membro da família, uma família muito querida e, mais do que isso, me senti muito querida! Desfrutei de momentos muito alegres, me comovi em situações específicas convivendo com grandes guerreiros, que me deram exemplos de tenacidade e bravura na luta com suas limitações físicas e dei muita risada com a criatividade e o bom humor de muitos de vocês. Admirei cada um dos integrantes do grupo convidado e tenho que cumprimentá-los por constituirem uma liderança que está revolucionando a imagem do parkinsoniano, felizmente para mudanças positivas. Recorro a Fernando Pessoa para expressar esse pensamento: "O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade em que elas acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis". Com o coração cheio de carinho, de boas recordações do nosso convívio recente, fecho esta mensagem com a frase de Leonardo Da Vinci: "Para estar junto, não é preciso estar perto. Basta estar do lado de dentro". Um forte abraço amigo, da sua amiga Clara"

NOSSOS AGRADECIMENTOS, DRA. CLARA

Querida amiga, nós é que precisamos agradecer por ter aceito o nosso convite. O seu envolvimento com o grupo foi fundamental para o sucesso das atividades. Elegância, competência e muito carinho, marcaram a sua presença em Itaipava e em nossas mentes. Para expressar o nosso reconhecimento, também, queremos fazer uma citação, agora de Fernando Sabino:

"DE TUDO, FICARAM TRÊS COISAS:
A CERTEZA DE QUE ESTAMOS SEMPRE COMEÇANDO...
A CERTEZA DE QUE É PRECISO CONTINUAR...
A CERTEZA DE QUE SEREMOS INTERROMPIDOS ANTES DE TERMINAR...
FAZER DA INTERRUPÇÃO UM NOVO CAMINHO;
FAZER DA QUEDA UM PASSO DE DANÇA;
DO MEDO, UMA ESCADA;
DO SONHO, UMA PONTE;
DA PROCURA, UM ENCONTRO."

Um grande e afetuoso abraço, Monica Souto

4 de nov de 2010

APC ASSOCIAÇÃO PARKINSON CARIOCA

Boletim informativo 7 – Novembro/2010

Olá pessoal, o passeio ao Museu Nacional, sairá no dia 17 de novembro. Ainda há lugares, lembrando que a visita é guiada e gratuita. A saída será às 9 hs do CENTRO MUNICIPAL DE REABILITAÇÃO, no ENG.º DE DENTRO. O retorno será às 12 hs.

A nossa festa de fim de ano já está marcada, será dia 11 de dezembro, no Sport Club Mackensie, na rua Dias da Cruz, 561, às 16 hs, Méier. Cada associado receberá dois ingressos gratuitos e caso queiram convidar mais pessoas, estes serão cobrados. Cada associado deverá levar um prato de doce ou salgado.

Precisamos de voluntários para a feira da providência que será nos dias 25,26,27 e 28 de novembro. Os interessados deverão dizer o horário que podem participar, a fim de nos organizarmos. O intuito é informar sobre o mal de Parkinson.

O I Encontro Nacional Parkinsonianos, realizado no Centro General Ernani Ayrosa – Itaipava, foi um sucesso, o pessoal era bem animado e o lugar, lindo.

O Bazar da Associação já está marcado.Venha fazer suas compras de Natal e contribuir com a Associação Parkinson Carioca.Dias 20 e 21 de novembro , das 10 às 18 hsAv. Rui Barbosa, 16 – play

Nosso próximo encontro, o último do ano, será dia 1º de dezembro
e o pessoal da ortótica, IBMR, apresentará o trabalho feito com os associados da APC.

ASSUNTO DE INTERESSE

Estamos providenciando uma reunião na secretaria de saúde, para falarmos sobre a falta dos remédios que são importantes para os portadores de Parkinson.A APC reúne os associados toda 1ª quarta feira do mês
-na paróquia da Santíssima Trindade, à rua Senador vergueiro, 141 Flamengo,
- horário das 14:30 às 17hs.Fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e neurologia são oferecidos em Engº de Dentro – o paciente que irá pela 1ª vez, deve marcar pelo telefone do setor neurofuncional: 3111-7342, quando eles informarão os dias de seus grupos.

ASSOCIAÇÃO PARKINSON CARIOCA - APC
SEDE: RUA RAMIRO MAGALHÃES, 521 SALA 301ENGº DE DENTRO – RIO DE JANEIRO-CENTRO MUNICIPAL DE REABILITAÇÃO.
SUB-SEDE: RUA URUGUAIANA, 39 SALA 902CENTRO – RIO DE JANEIRO