17 de nov de 2009

A CARTA DE REGINA AO SR. SECRETÁRIO DE SAÚDE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

É preciso gostar da vida, saber viver para ver e ouvir o que se passa à nossa volta e, então, sair em busca. Amar, respeitar, ousar e ponderar encontrando soluções para as dificuldades que surgem.

Desafios? Devemos fugir ou enfrentar? Podemos superar impasses partilhando a vida com outras pessoas que vivenciam as mesmas dificuldades.

A carta de Regina ao Sr. Secretário de Saúde, publicada no Blog TREMENDO PAPO, mostra as limitações para se conseguir medicação.

As leis que garantem o acesso aos tratamentos existem, os portadores de Parkinson têm direitos garantidos pela Constituição mas... Leiam a Carta (http://umtremendopapo.blogspot.com/ ) para saber as dificuldades que encontramos.

Resido em Niterói e oriento um grupo de ajuda em Santo Antônio de Pádua com o objetivo de congregar portadores da Doença de Parkinson e pessoas interessadas em apoiar o movimento, informar a opinião pública e meios de comunicação, levar conforto, esclarecimento e recursos que podem auxiliar no tratamento.

Com Regina, desenvolvemos um trabalho de conscientização em Niterói porque acreditamos que temos o dever de participar buscando uma vida melhor.

Tenho Parkinson há 12 anos e acredito que nada é por acaso. O sofrimento não pode ser inútil.

Para um Estado que monta projetos capazes de trazer para sua administração eventos de porte internacional, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas, o mínimo que se espera é que os investimentos internos e básicos para a melhor qualidade de vida de sua população estejam em primeiro plano.

Condições para isso o Estado tem. É preciso querer.

Monica de Oliveira Souto, Portadora de Parkinson, Professora, Psicóloga CRP 20 128

2 comentários:

  1. Monica e Regina
    Guerreiras do mesmo ideal. exemplo para todos nós parkinsonianos. A nossa luta não será em vão. Continuemos juntos. A vitoria não tardará.
    Nemercio

    ResponderExcluir
  2. Ficou joia!!! Tremendo sim, lutando também.
    Um abraço. Patricia Seixas

    ResponderExcluir